Review: Better Call Saul – 1×02 “Mijo”

better call saul

E junto com uma incrível abertura, Better Call Saul chegou com a iniciativa já comum com séries extremamente aguardadas: um episódio duplo. E essa técnica não poderia ser melhor recebida já que ao final de “Uno”, ficamos anestesiados com o encontro de Jimmy com o icônico, e recebido com carinho pelos expectadores, Tuco. Com Vince Gilligan se focando no roteiro neste episódio, a direção fica com Michelle Maclaren, que já tendo dirigido episódios de Breaking Bad, consegue manter, assim como no piloto, a linguagem que já conhecemos, com sinuosos cortes e ângulos inesperados e inteligentes. E também trazendo uma nova dinâmica ao episódio, que com o auxílio do roteiro, é completamente bem vinda.

Na trama, acompanhamos o encontro de Jimmy McGill com o Tuco Salamanca, em sua casa, graças aos irmãos Cal e Lars. Apresentando a lábia do advogado que tanto admiramos, o episódio se desenrola graças ao encontro de Jimmy com Nacho, um dos parceiros de Tuco. E as consequências deste fato no relacionamento de Jimmy e seu irmão Chuck.

saul 1x02 1

Provando se alimentar de grandes acertos nos ritmos pensados em Breaking Bad, “Mijo” tem início com uma dinâmica bem calculada. O episódio retorna minutos do ponto que fomos deixados em “Uno”, e nos faz entender o cenário de Tuco antes do futuro já conhecido. Com isso, podemos até mesmo ter uma melhor compreensão do relacionamento familiar de Tuco com Hector Salamanca, como visto na segunda temporada da produção anterior de Gilligan. Mas o episódio não acerta somente na necessária dinâmica que a história é contada. A direção se torna exemplar ao entender os pontos que conseguem motivar a história continuar. O maior destaque fica com toda a certeza na excelente sequência em que somos levados a rotina de Jimmy McGill, que consegue ser reforçada por entendermos o que se passa ali, graças ao episódio anterior. É realmente incrível a linguagem cinematográfica que é trazida à produção, apresentando um repetição de atos que demonstra claramente o temperamento do advogado com sua indesejada rotina.

Outro ponto técnico que com certeza irá empolgar os fãs são a referências que se tornam easter eggs com o interrogatório de Saul sendo realizado no mesmo deserto que Gus leva Walter (irei colar no final do post uma comparação dos frames). Até mesmo a fotografia se repete e é realmente nostálgico. Mas, como dito na review anterior, mesmo com todas as referências que se tornam fan service, Better Call Saul tem sua própria e apaixonante linguagem. O humor e leveza retornam aqui, e o ótimo roteiro junto com a bárbara performance de Bob Odenkirk nos trazem diálogos como a excelente barganha de quantas pernas devem ser quebradas, ou a afirmação “Eu transformei uma sentença de morte em uma sentença de 6 meses de condicional. Sou o melhor advogado de todos.

saul 1x02 2

E as atuações são dignas de menção. O elenco se mostra bem e já nos deixa na expectativa da participação de Michael Mando (mais conhecido como Vaas Montenegro, o vilão de Far Cry 3) e o futuro de seu personagem Nacho Varga.

“Mijo” se mostrou uma perfeita continuação para “Uno”. Apresentando um formato com episódios que se interligam diretamente, Better Call Saul está provando cada vez mais o seu valor e mostrando que sua sombra a Breaking Bad é temporária e merecida, já que mesmo trazendo outro clima, honra a série que a originou. Jimmy McGill/Saul Goodman tornarão nossas terça feiras muito mais agradáveis.

5 DONUTS

                                              Excelente

Como prometido: Breaking Bad (4×11 – Crawl Space) e Better Call Saul (1×02 – Mijo).

brba comparaçao

bcs comparaçao

*Repare nas montanhas ao fundo.

Comentar...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s