Mundo do Cinema – Filmes de Terror Anos 60/70/80 – Parte II

Nas décadas de 60 e 70 foram produzidos alguns dos melhores filmes de terror de todos os tempos. Confiram alguns clássicos  dos anos 70:

O Massacre da Serra Elétrica (1974) Direção: Tobe Hooper.

Em 1973, a polícia texana deu como encerrado o caso de um terrível massacre de 33 pessoas provocado por um homem que usava uma máscara feita de pele humana. Nos anos que se seguiram os policiais foram acusados de fazer uma péssima investigação e de terem matado o cara errado. Só que dessa vez, o único sobrevivente do massacre vai contar em detalhes o que realmente aconteceu na deserta estrada do Texas, quando ele e mais 4 amigos estavam indo visitar o seu avô.

Sobre o filme: Uma descoberta assustadora que chocou e aterrorizou a nação, e que muitos ainda consideram o mais famoso caso de assassinato em massa de todos os tempos. Usando uma grotesca máscara feita a partir da pele do rosto de suas vítimas e usando uma motosserra, o assassino, conhecido como “Leatherface” (face de couro), virou manchete de todos os jornais.

Carrie – A Estranha (1976) Direção: Brian de Palma

Carrie (Sissy Spacek) uma adolescente solitária que sempre é hostilizada pelas colegas – mas que possui poderes paranormais, podendo mover objetos de acordo com sua vontade – menstrua pela primeira vez no chuveiro do vestiário da escola. Desesperada  por não saber do que se tratava,  ela tenta procurar ajuda de suas colegas que, por sua vez, a humilham. Voltando para casa, é repreendida pela mãe – uma  fanática religiosa (Piper Laurie) – que diz a Carrie que agora ela possuía o pecado de ser mulher.

 

Sobre o filme: Criticado na época por seu excesso de violência, o filme apresentou muito mais do que devastação e sangue. A fragilidade e os elevados poderes de Carrie foram magistralmente retratados, criando a tensão necessária para prender o espectador por todo o filme. O enredo vai crescendo de tal maneira que fez com que a “resposta” da personagem, “esmagada” por sua mãe e por todos à sua volta, tivesse sentido.

A Profecia (1976) Direção: Richard Donner

Um diplomata americano (Gregory Peck) preocupado em não chocar a esposa (Lee Remick) em virtude da morte do seu filho ao nascer, lhe oculta o fato e adota um recém-nascido de origem desconhecida. Mortes misteriosas começam a cercar a família do homem, que sem saber, pode estar criando o AntiCristo em pessoa.

Sobre o filme: Um dos mais importantes trunfos de A Profecia é a abordagem dada à obra por Richard Donner. Cineasta eclético, ele dirigiu o projeto com um  desprezo pelos clichês tradicionais do gênero, preferindo investir na construção de uma cuidadosa atmosfera de tensão, ao invés de abusar de sustos gratuitos. Donner utiliza com freqüência, por exemplo, closes fechados nos olhos dos personagens, além de explorar uma textura de imagens mais escura, com muitas sombras e cantos escuros, e isso tudo gera no espectador a impressão de que muita gente sabe mais do que nós vemos, e que existe mesmo uma presença maligna à espreita.

Halloween – Noite do Terror (1978) Direção: John Carpenter

Michael Myers (Tony Moran) é um psicopata que vive em uma instituição há 15 anos, desde quando matou sua própria irmã. Porém, ele consegue fugir de seu cativeiro e retorna à sua cidade natal para continuar seus crimes na localidade que, aterrorizada, ainda se lembra dele.

Sobre o filme: Um dos grandes clássicos do cinema de horror, Halloween foi um dos precursores dos filmes com serial killers, introduzindo o psicopata Michael Myers e sua enorme faca, que, ao lado de Jason Voorhees (Sexta-Feira 13), Freddy Krueger (A Hora do Pesadelo) e Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica), está imortalizado na galeria dos famosos monstros modernos do cinema.

Comentar...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s