Crítica: Golpe Duplo

bannerSejamos sinceros, quem nunca de sentiu atraído por uma vida de glamour e acesso onde dinheiro vem fácil?
Mesmo sabendo que não há almoço grátis, a possibilidade se não pagar pelo mesmo já seduziu cada um de nos ao menos uma vez.

366342

Golpe Duplo (Focus, 2015) nos leva a flertar com essa vida de “facilidades” ao mesmo tempo nos diz o preço que temos que pagar pelo mesmo.
Com um roteiro leve que pende para a comédia romântica, o longa nos apresenta a um casal de vigaristas que se conheceu e teve seu amor moldado pelo crime.Olhando por esse ângulo parece uma sinopse de novela mexicana, mas os roteiristas e diretores Glenn Ficarra e John Regua fazem um bom trabalho ao usar o humor para pautar essa relação.

imagem2Will Smith e a exuberante Margot Robbie são Nicky e Jess, o “casal 20” dos pequenos golpes.
Apresentando toda a quadrilha como uma grande família feliz, aqui não temos grandes roubos com execuções mirabolantes, mas sim apenas relações interpessoais que tomam ares caricatos quando situações extremas são apresentadas aos personagens.

O longa foca nessas relações e na necessidade patológica da mentira e manipulação, onde jamais sabemos quem está dizendo a verdade pois isso realmente não importa, pois o intuito é o real sentimento por trás das mentiras e como as pessoas reagem a elas quando perdem o “foco” (a tradução literal do longa).

imagem6A fotografia é belíssima com paisagens alegres e divertidas ora das ruas de New Orleans, ora nas villas argentinas e esta casa com a ótima trilha sonora.
Os golpes são bem executados, e as atuações são convincentes o suficiente para enganar os personagens quando em cena e, quando necessário, também o próprio espectador.

Leve e descontraído, o longa sequer tem um “vilão” ativo; o mesmo, interpretado por Rodrigo Santoro, só aparece em cena para ajudar a compor a relação do casal principal e a presença deste, apesar de ser justificada na trama parece quebrar um pouco com o ritmo do enredo, mas nada que prejudique o seu andar.

still-of-gerald-mcraney-and-rodrigo-santoro-in-focus-(2015)-large-picture
Com um show de atuações e “golpes” no sentido bíblico da palavra, Golpe Duplo será melhor apreciado quando tratado como o que realmente é, uma comédia com um pé no crime e outro no romance.

Bom                                                         Bom

Comentar...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s